Músicas em lojas e comércios

O tipo de música que você coloca no seu comércio, seja ele, loja, restaurante, ou até consultório afeta as pessoas que lá frequentam.

Fui convidada para fazer uma consultoria para uma rede de lojas de roupas masculinas.

Muitas das lojas eram em shoppings e o negócio não estava indo muito bem.

Assim que eu cheguei em uma das unidades, o que mais me chamou a atenção, entre outros detalhes, foi a música, que não combinava em nada com o ambiente e ainda estava em volume muito alto.

As pessoas precisam verificar seu público alvo, e prestar atenção ao som que está sendo colocado no seu espaço. A escolha das músicas deve ser adequada ao ambiente e ao produto, e não deve ser escolhida pelos funcionários.

O ideal é ser feito playlists, já prontas e que toquem em todas as unidades, caso você tenha uma cadeia de lojas ou consultórios, ou se não for possível, preferira o silêncio.

Eu tenho uma experiência pessoal relacionada a isto, que acabou de me ocorrer. Tinha uma loja de sapatos, que eu sempre achava a vitrine linda, mas quando eu entrava o som era tão alto, que eu nunca consegui permanecer no espaço tempo suficiente para experimentar um sapato.

Um dia eu questionei uma das vendedoras, ela me explicou que o som alto, era para espantar o sono dos funcionários, que ficavam um período extenso trabalhando. Olha que falta de cuidado com o consumidor.

Outro exemplo, é colocar músicas muito relaxantes em ambientes de escritório, para que as pessoas, não fiquem muito calmas e queiram dormir.

Vale ressaltar, que o cheiro da loja, também influencia, preste muita atenção a estes detalhes para que seu negócio prospere.

Abraços

Silvana Occhialini