Como os campos eletromagnéticos afetam a saúde da sua casa

Muitas pessoas já sabem dos efeitos maléficos dos campos eletromagnéticos.

Qualquer condutor de corrente alternada produz no espaço à sua volta um campo elétrico e outro magnético. A intensidade desses campos varia conforme a intensidade da carga elétrica.

Por serem pouco evidentes, não percebemos como essas sutis energias invadem e transformam a nossa vida. Além disso, relutamos em aceitar essas informações, pois somos totalmente dependentes da energia elétrica.

Dentro de casa, em especial em lugares onde você permanece muitas horas, como dormitórios. Por essa razão procure ter à sua volta o mínimo possível de correntes eletromagnéticas. Isso inclui o que está ao lado e acima de você, isto é, as fontes de iluminação, aparelhos de wifi e carregadores de celular, entre outros.

Enquanto dormimos, estamos completamente relaxados e mais vulneráveis. É o momento de regeneração de nossas energias.

Portanto, deve-se ter cuidado e utilizar luminárias e abajures nas mesas laterais da cama. Elimine os pontos de corrente elétrica acima, atrás ou em volta das camas.

Não adianta apenas desligá-las, pois a corrente elétrica continua passando.

A mesma regra e cuidado vale para lugares onde você fica sentado muitas horas, como escrivaninha.

O correto é ter toda a instalação aterrada (fio terra). As construções mais novas já são obrigadas a terem seus sistemas de cabos aterrados, ao contrário das construções mais antigas.

Na próxima matéria darei mais detalhes!